O Atacadão, atacadista do Grupo Carrefour, lança, nesta segunda quinzena de outubro, um e-commerce voltado ao público B2B. A nova plataforma integra o canal de vendas online do próprio Atacadão e a operação de marketplace, com mais de 300 parceiros de atacado.

A operação tem início no Estado de São Paulo. O objetivo é que ela seja expandida para todo o País em breve, por meio dos 29 atacados que já atendem 4.750 municípios com sua malha logística. Com a digitalização, a empresa quer potencializar o raio de atuação para novos municípios brasileiros.

Para acelerar o processo de inovação, a companhia adquiriu 51% da CotaBest, startup referência no mercado de atacado online. Com tecnologia própria, a CotaBest será responsável pelo desenvolvimento de todo marketplace. Para Roberto Müssnich, CEO do Atacadão, a entrada da empresa no mercado digital fortalece o plano de expansão da companhia.

“A força do modelo do Atacadão, aliada aos avanços que estamos promovendo na digitalização das nossas operações, e a tecnologia da CotaBest no marketplace, posiciona nosso negócio para acompanhar as tendências de consumo e consolida nosso plano de expansão no país. É mais um passo para conquistarmos novos clientes, parceiros e ampliarmos nosso market share”, aposta o executivo.

Cerca de 50 mil produtos

Desenvolvido para atender pequenos e médios comerciantes, o site disponibilizará cerca de 50 mil produtos. Um dos facilitadores que a plataforma oferece é a possibilidade de o cliente construir uma lista de compras em que pode, semanalmente, receber a atualização com os preços mais competitivos oferecidos pelos fornecedores desse ambiente digital.

O Atacadão também estabeleceu parceria com os aplicativos Rappi e Cornershop, possibilitando uma experiência digital nas lojas em que esses aplicativos atuam. Atualmente, 11 Estados são atendidos por este serviço com 26 lojas da rede, disponibilizando cerca de 8 mil produtos.

O Atacadão conta hoje com 193 unidades de autosserviço e 29 atacados de entrega. A aquisição de 30 lojas da rede Makro, anunciada em fevereiro de 2020, deve impulsionar o crescimento. A transação foi aprovada pela Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) e a empresa já iniciou o planejamento de reformas e transição das unidades para a bandeira Atacadão.

As iniciativas do Atacadão no mercado de cash & carry complementam a forte presença do Grupo na venda de alimentos online, por meio do Carrefour. Lançada há um pouco mais de dois anos, a oferta do e-commerce alimentar do Carrefour cresceu significativamente e já representa 14% das vendas da operação do varejo em São Paulo.

Imagem: Divulgação

Fonte: Mercado e Consumo