O PagbBank libera cartão de crédito com um bom limite, sem anuidade e até para quem não tem um score de crédito tão alto. Confira logo abaixo se o PagBank retira SUPERLIMITE de até R$ 100 mil se você retirar investimento da conta.

É provável que você também goste:

CashMe libera empréstimo para negativado no SPC/Serasa com até 12 meses para começar a pagar

Guedes revela que não desistiu de imposto sobre transações e comenta extensão do auxílio.

Cartão de crédito PagBank retira SUPERLIMITE de até R$ 100 mil se você retirar investimento da conta?

Cartão Pagbank

O cartão da empresa pode liberar, inacreditavelmente, até R$ 100 mil de limite, não cobra anuidade, e ainda, em casos específicos libera para quem está em restrição em órgãos de crédito.

Mas qual é o grande truque para conseguir um bom limite?

O Pagbank na hora de fazer a análise de crédito vincula os investimentos do cliente em Certificado de Depósito Bancário (CDB) que entrega rentabilidade acima de 103% DO CDI.

Ou seja, quanto mais dinheiro você tiver depositado na conta do PagBank, mais serão as suas chances de conseguir um superlimite.

Mas será que o superlimite do cartão PagBank diminui se você retirar investimento da conta?

Segundo Leandro Vieira, do canal do YouTube Cartões de Crédito Alta, caso o cliente retirar o seu investimento do PagBank, o limite do cartão não vai sofrer alterações, até porque a pessoa escolhe um valor de investimento e precisa manter a grana investida até o final do prazo, depois disso o PagBank não pode reduzir o limite. O Código de Defesa do Consumidor prevê isso, pois se configura como venda casada.

Confira o que diz a lei

3. O QUE DIZ A LEI: A Venda Casada é expressamente proibida pelo Código de Defesa do Consumidor – CDC (art. 39, I), constituindo inclusive crime contra as relações de consumo (art. 5º, II, da Lei n.º 8.137/90).
A Lei 8.137 / 90, artigo 5º, II, III tipificou essa prática como crime, com penas de detenção aos infratores que variam de 2 a 5 anos ou multa.
E a Lei 8.884 / 94, artigo 21º, XXIII, define a venda casada como infração de ordem econômica. A prática de venda casada configura-se sempre que alguém condicionar, subordinar ou sujeitar a venda de um bem ou utilização de um serviço à aquisição de outro bem ou ao uso de determinado serviço.
Pelo Código de Defesa do Consumidor, a Lei 8078 / 90, artigo 39º, “é vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, condicionar o fornecimento de produto ou de serviço ao fornecimento de outro produto ou serviço, bem como, sem justa causa, a limites quantitativos”.
E pela Resolução do Banco Central nº 2878/01 (alterada pela nº 2892/01), Artº 17, “é vedada a contratação de quaisquer operações condicionadas ou vinculadas à realização de outras operações ou à aquisição de outros bens e serviços”.

Confira o vídeo:

Se interessou em abrir a sua conta grátis PagBank?

O processo é bem simples, entre neste link e depois clique em “Abra sua conta grátis“. Depois, basta seguir os procedimentos indicados na tela.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Fonte: Seu Crédito Digital