Novos dados da ACI Worldwide (NASDAQ: ACIW), um fornecedor líder mundial de software e soluções de pagamento digital em tempo real, apresentaram um aumento de 23% nas transações globais de eCommerce em outubro de 2020 em comparação com outubro de 2019. Este aumento foi impulsionado pelos setores de varejo, jogos, DIY e setor digital à medida que os consumidores se preparam para novos lockdowns. Além disso, os dados, baseados em centenas de milhões de transações de comércio eletrônico de comerciantes globais, mostraram um aumento projetado de 25% no volume de transações para todos os setores combinados (incluindo aqueles impactados pela pandemia, tais como companhia aérea e emissão de bilhetes) no quarto trimestre de 2020 em comparação com o quarto trimestre de 2019.

Saiba mais

  • Transações no e-commerce devem aumentar neste fim de ano, segundo ACI Worldwide
  • Sicoob oferece isenção de tarifa em transações do Pix para PJ
  • Ank firma parceria com Mambu para experiência mais interativa ao cliente
  • Aprenda a se proteger dos golpes na Black Friday
  • Empresas investem em app de delivery próprio para reduzir custos

Os dados da ACI também apontam que a segunda onda de lockdowns causadas pelo COVID-19 na região EMEA já resultou em um aumento de mais de 100% nas transações de comércio eletrônico no setor de varejo de 1 a 4 de novembro de 2020.

“Com o Reino Unido já em outro bloqueio e os EUA potencialmente caminhando para um, estamos vendo os consumidores se preparando para as férias e fazer suas compras mais cedo do que nunca”, disse Debbie Guerra, vice-presidente executiva da ACI Worldwide. “Os comerciantes estão oferecendo negócios mais cedo, o que também tem impulsionado o aumento do volume de transações em outubro em comparação com a mesma época do ano passado. Esperamos que esta tendência continue à medida que avançamos na temporada de festas de final de ano”.

Os dados da ACI de outubro de 2020 mostraram um ligeiro aumento para 4,1% no valor das tentativas de fraude em comparação com o mesmo período em 2019, já que os consumidores genuínos continuam a ultrapassar os consumidores fraudulentos.

O setor de jogos continuou a registrar níveis recordes de transações, com um aumento de 90% em outubro de 2020, em comparação com 2019. Os setores que continuam a assistir a um declínio nas transações incluem viagens (33%) e emissão de bilhetes (79%).

“Os lockdowns levaram muitos consumidores a cancelarem quaisquer planos de viagens – tanto em feriados quanto de férias – ou a participarem de grandes reuniões de grupo, levando a um declínio ainda maior na companhia aérea e na emissão de bilhetes em comparação com o ano anterior”, concluiu Guerra.

Principais conclusões:

Tendências de compra do comércio eletrônico:

• Os setores que continuam a experimentar grandes aumentos nas compras em outubro incluem os jogos (aumento de 90%) e o varejo (aumento de 53%).

• Os setores que continuam experimentando grandes diminuições nas compras em outubro incluem viagens (diminuição de 33%) e emissão de bilhetes (diminuição de 79%).

• O preço médio das compras genuínas de bilhetes caiu USD 21 em 2020 em comparação com 2019, impulsionado por declínios dentro dos setores aéreo e de emissão de bilhetes, o que resulta em preços de bilhetes mais altos em média.

Tendências de fraude:

• O valor transacional das tentativas de fraude aumentou 0,4% em outubro, impulsionado pelas compras de eletrônicos, sendo a compra on-line e retirada na loja (BOPIS) o canal de escolha dos fraudadores.

• O preço médio dos bilhetes para tentativas de fraude diminuiu em USD 9 no período de janeiro a outubro de 2020, em comparação com o mesmo período em 2019.

• Os estornos* sem fraude aumentaram em 10% em outubro de 2020 em comparação com outubro de 2019; isto tem diminuído em comparação com março-junho de 2020. As razões incluem o seguinte:

  • Atraso no processamento de devoluções levando em conta que os funcionários não puderam trabalhar devido a restrições de permanência em casa, e preocupações de segurança em torno da abertura de caixas devido à COVID-19
  • As centrais de atendimento telefônico não operaram durante vários dias em março para atender as chamadas recebidas dos clientes
  • Atrasos no embarque
  • Pedido de devolução do produto
  • Os estornos geralmente levam aproximadamente 45 dias para serem processados.
Fonte: Konta Azul